Desencarnes Coletivos




Mortes coletivas


Por estar relacionado a experiências evolutivas, o desencarne coletivo é previsto por entidades Benfeitoras Espirituais, que  acolhem os desencarnantes imediatamente, muitas vezes  em postos de socorro por eles montados através da vontade/pensamento, na própria região da catástrofe ou desastre. Mesmo assim, como são as figuras centrais da tragédia, os desencarnantes  sofrem o processo de comoção coletiva de espectadores e familiares, enfrentando dificuldades de adaptação, que o levam, não raro, a reviver dolorosos pormenores do funesto acontecimento, causando perturbação mental e desespero. Geralmente, só retornam à normalidade da vida espiritual quando o caso cai no esquecimento público e familiar.


OBSERVAÇÕES GERAIS


É necessário lembrar que cada caso é único e diferente do outro e que a pertubação pós-morte vai depender do grau de materialização ou de desprendimento material do desencarnante. Quanto menos apegado aos valores materiais, mais rápido irá reingressar na Vida Espiritual.A compreensão dos familiares não evocando-os ou às circunstâncias do desenlace, também irá contribuir para uma recuperação mais rápida.A prece é sempre de valiosíssimo auxílio para o desencarnante, em qualquer circunstância.  Revista Cristã de Espiritismo


Com base no acima exposto, só nos cabe, a nós que estamos impossibilitados de prestar auxilio e socorro aos nossos irmãos pessoalmente, doando de nosso tempo e trabalho em favor deles, o recurso não menos importante da prece. Vamos pedir juntos a Deus pelos que se foram e pelos que ainda permanecerão por mais algum tempo.Sabemos que cada um de nós é responsável, de alguma forma, pela resposta violenta da natureza que não foi menos violentada. Não é hora, no entanto, de apontarmos responsáveis. É hora de trabalhar, orar e refletir. Esse é o momento de sermos solidários estendendo nossas mãos aos nossos irmãos da maneira que pudermos e uma das maneiras é a prece. A prece conforta, acalma e atrai a espiritualidade benfeitora que por sua vez prestará o auxilio espiritual necessário a todos os que estão sofrendo, inclusive aos animais que não estão sofrendo menos.Esse também é um bom momento para pedirmos a Deus que ilumine os governantes de nosso País, bem como as pessoas que se expõem a riscos desnecessários e que desafiam as forças naturais. Unidos em oração tenho certeza que ajudaremos a minimizar o sofrimento de nossos irmãos que se foram e que ficaram. Dessa forma iluminamos o nosso coração e a nossa alma voa livre ao encontro daqueles que necessitam de nós.


Anna Pon

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Firmeza e Assentamento (Umbanda)

Orixá de Frente – Orixá Adjunto – Orixá Ancestral – A natureza humana -

Características dos filhos dos orixás, personalidade dos filhos de Oxalá, Yemanjá, Oxum, Ogum, Oxossi, Yansã, Xangô