Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2011

Caboclo Mirim e Sua Sabedoria

História do Advento do Caboclo Mirim


Em 1920 no Rio de Janeiro, o médium Benjamin Gonçalves Figueiredo (26/12/1902 - 03/12/1986), teve a primeira manifestação de uma Entidade que identificou-se como Caboclo Mirim. Durante os primeiros anos de sua ligação com a Umbanda, Benjamin foi auxiliado no seu desenvolvimento pelo médium Zélio Fernandino de Morais. O Caboclo Mirim vinha com a finalidade de criar um novo núcleo de crescimento para a Umbanda e assim, toda a família do médium foi chamada a participar. Eram ao todo 12 pessoas que deram início em 1924 ao que foi chamada a Seara de Mirim. Após 18 anos, em 1942, foi fundada a Tenda Espírita Mirim, à rua Sotero dos Reis, 101, Praça da Bandeira; mudou - se, posteriormente, para a rua São Pedro e depois para a Rua Ceará, hoje Avenida Marechal Rondon, 597. Ainda sob a orientação dessa entidade, deu-se a fundação do Primado de Umbanda [1], uma das primeiras federações umbandistas do Brasil, criada para difundir e estimular o estudo da religiã…

"A Imensidão dos Sentidos" - Obra altamente recomendada aos médiuns e a todas as pessoas que desejam evoluir e se conhecer -

Olá amigos!


Encerrei hoje, 14.07.2011, a leitura do livro " A Imensidão dos Sentidos" de Francisco do Espírito Santo Neto ditado por Hammed.

O título me foi sugerido por amigo espiritual e, como foi minha primeira experiência intuitiva nesse sentido, tratei de adquirir sem demora a obra por acreditar que o livro continha uma mensagem para mim. Eu estava certa, aliás, o livro traz muitas mensagens, ensinamentos ricos em sabedoria.

No decorrer da excelente leitura, pude me "ver" nas tantas situações narradas e compreender melhor os mecanismos psicológicos nos quais por vezes nos atrelamos sem necessidade.

Hammed, mentor de Francisco, fala claramente sobre temas muito sérios como; mediunidade e religião, ser bom, auto percepção, sintonia e homogeneidade, etc.

O livro, apesar de ter como sub título " aprendendo a lidar com a sua mediunidade", é roteiro seguro de vida e comportamento humano, ou seja, tanto esclarece os médiuns em atividade quanto as pessoas que jam…

Sant´Ana - Nanã Buruquê na Umbanda -

Os dados biográficos que sabemos sobre os pais de Maria foram legados pelo Proto-Evangelho de Tiago, obra citada em diversos estudos dos padres da Igreja Oriental, comoEpifânio e Gregório de Nissa.

Sant'Ana, cujo nome em hebraico significa graça, pertencia à família do sacerdote Aarão e seu marido, São Joaquim, pertencia à família real de Davi.

Seu marido, São Joaquim, homem pio fora censurado pelo sacerdote Rúben por não ter filhos. Mas Sant’Ana já era idosa e estéril. Confiando no poder divino, São Joaquim retirou-se ao deserto para rezar e fazer penitência. Ali um anjo do Senhor lhe apareceu, dizendo que Deus havia ouvido suas preces. Tendo voltado ao lar, algum tempo depois Sant’Ana ficou grávida. A paciência e a resignação com que sofriam a esterilidade levaram-lhes ao prêmio de ter por filha aquela que havia de ser a Mãe de Jesus.

Eram residentes em Jerusalém, ao lado da piscina de Betesda, onde hoje se ergue a Basílica de Santana; e aí, num sábado, 8 de setembro do ano 2…

Pensamentos de Allan Kardec e comentários de Annapon

Allan Kardec,
escrevera sobre a sua bandeira estas palavras: Trabalho, solidariedade, tolerância. Sejamos, como ele, infatigáveis; sejamos, segundo os seus desejos, tolerantes e solidários, e não temamos em seguir o seu exemplo repondo vinte vezes entre as mãos os princípios ainda discutidos. Apelamos a todos os concursos, a todas as luzes. Tentaremos avançar com certeza antes que com rapidez, e os nossos esforços não serão infrutíferos, se, como disso estamos persuadidos, e como lhe seremos os primeiros a dar o exemplo, cada um se empenhar em cumprir o seu dever, colocando de lado toda questão pessoal para contribuir ao bem geral.


Observação de Annapon:
É lamentável observar que nos grupos espíritas e espiritualistas, ou ainda, em tantos outros que se reúnem pela mesma fé, tais observações, tão sérias e necessárias ao bom andamento dos trabalhos aos quais se propõem, sejam meramente palavras ditas ao vento. Vemos muito poucos as praticarem, porém, há os que as praticam com sinceridade d…

Os Senhores da Escuridão

Imagem
Olá amigos.
Hoje falarei sobre algo que há algum tempo venho pensando. Assistindo aos noticiários internacionais, desde a queda do líder egípcio, esse tema, Senhores da Escuridão, ronda o meu pensamento. Robson Pinheiro, em seu livro de mesmo título, obra a ele transmitida pelo espírito de Ângelo Inácio, repórter do Astral, nos fala muito sobre espíritos que dominam no plano espiritual, verdadeiros exércitos de consciências malignas de forma tão moderna que surpreenderia o mais cético dos cientistas. O livro é parte da trilogia O reino das Sombras, rico em detalhes, deixa claro que a ambição ao poder não cessa com a morte física do individuo, pelo contrário, o acompanha além tumulo e justamente ai é que “mora o perigo”.