Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2015

Firmeza e Assentamento (Umbanda)

Imagem
Firmeza e Assentamento Antes de falar sobre o assunto, a leitura recomendada, trazendo maiores informações é:  “Rituais de Umbanda” de Rubens Saraceni, editora Madras. De forma resumida, podemos dizer que firmeza é uma força ou poder firmado e assentamento, a força ou o poder assentado. Forças são as das entidades e poder é dos Orixás. Firmamos uma força quando, por exemplo, acendemos uma vela, essa é a maneira mais simples de firmar força. Ao acender tal vela, porém, há de se ter fé e força mental. Esse ato deve vir com força e convicção do íntimo, do contrário é apenas e tão somente uma vela acesa. Desse ato então dizemos que ali, naquela vela, uma força está firmada porque firmar significa que tal força vibrará e repercutirá enquanto a vela estiver acesa, finalizando sua tarefa quando se apagar. A vela é um recurso de ligação nossa com o Orixá ou com o Guia Espiritual. Potencializamos a firmeza da vela quando, por exemplo, escol

Orixá de Frente – Orixá Adjunto – Orixá Ancestral – A natureza humana -

Imagem
Orixá de Frente – Orixá Adjunto – Orixá Ancestral – A natureza humana - Qual é o meu Orixá? De quem eu sou filho? Quem é o meu Pai de cabeça? Quem é o meu padrinho? Qual é o casal de Orixás que me acompanham? Antes, porém, de saber qual é o meu Orixá é importante entender o que isso quer dizer, qual é a minha relação com os Orixás. Entendendo que temos também um problema de linguagem, o que um Terreiro entende por meus Orixás, outro Terreiro entende de uma forma diferente. É muito comum as pessoas procurarem alguém que jogue búzios e ali fazer uma leitura de Orixá. Agora, é mais comum ainda você ir a um lugar e alguém lhe falar: “Você é filho de Xangô”; aí você vai num outro lugar e lhe dizem: “Você é filho de Ogum”; vai num terceiro lugar e lhe dizem: “Você é filho de Oxóssi”; sem contar que as características de Xangô, Ogum e Oxóssi são diferentes. E você fica sem saber, fica vendido, sem entender qual é, afinal, o meu Orixá? A contra pergunta

Umbanda e Energias

Imagem
Umbanda e Energias Tudo o que existe é energia e tem magnetismo, vibração e onda, inclusive a matéria. Existem ondas no mar, nos rios, na nossa voz. Algumas vemos, outras não, porém sabemos que existem. As ondas do rádio não podem ser vistas e só são ouvidas se  um aparelho captar a onda, decodificando-a e transformando-a em informação. O mundo material e espiritual que conhecemos é sustentado e mantido por ondas vibratórias, por energia pura, por pura vibração. Para nós, que cremos em Deus, toda a energia, onda e vibração foram criadas por Ele e N’Ele se mantêm. Os Orixás estão em Deus. Eles são a manifestação e a individualização de Deus para a criação, não apenas para os seres humanos, são sustentadores, mantenedores de toda a criação.  O que é magnetismo? É o campo que se forma em torno de algo que tem energia. Nem sempre conseguimos ver a energia, algumas forças magnéticas são mais visíveis do que outras, por exemplo, é mais fácil ver e

Umbanda e a Androgenesia – A Gênese do Ser – Os sete planos da vida – - Orixás -

Imagem
Umbanda e a Androgenesia – A Gênese do Ser – Os sete planos da vida - Orixás - Gênese significa origem e androgenesia é a Ciência do desenvolvimento físico e moral da espécie humana. Todas as religiões, desde as mais antigas, explicam, a sua maneira, a Gênese. Cada povo tem um determinado entendimento, momento evolutivo, capacidade de aceitar, ou não, o que lhe é revelado. A necessidade de compreender a origem de tudo é a responsável pelas tantas lendas e mitos existentes na Bíblia e em outros livros Sagrados. O homem deseja saber como, e por qual razão tudo começou e porque está aqui, neste planeta. Allan Ka rdec com suas obras aparece no cenário e busca, através da ciência e do contato com os espíritos, explicar o que antes era só alegoria e mito. Surge então a Gênese Espírita, que é muito interessante. A fé raciocinada, como provavelmente dizia Ka rdec, traz mais luz ao tema e auxilia a compreensão mais ampla sobre o assunto antes encoberto por lenda