Postagens

Mostrando postagens de 2022

Desenvolver a mediunidade atrai "coisas ruins"?

Imagem
Desenvolver a mediunidade atrai "coisas ruins"? Qual a definição de mediunidade? Mediunidade é o nome atribuído à capacidade humana que permite a comunicação entre encarnados e desencarnados. Essa faculdade se manifesta em todos os indivíduos de forma mais ou menos intensa, independente de religião, raça ou sexo. Por ser intrínseca ao ser, ela se manifesta em qualquer lugar ou hora. Por falta de interesse e disposição, no sentido de buscar informações sérias e seguras sobre o que é mediunidade, tem gente que acredita ser a faculdade mediúnica algo ruim, que perturbará sua vida, saúde, relacionamentos, sem perceber que a mesma, quando não bem educada/desenvolvida/trabalhada, é que pode vir a causar perturbações de todos os tipos na vida do médium que escolhe não se cuidar, espiritualmente falando. Existem pessoas que acreditam, ou pensam, que a partir do momento que iniciam seu desenvolvimento mediúnico, suas vidas sofrerão impactos negativos em todos os sentidos, atrapalhando

Caminhos Sagrados

Imagem
Caminhos Sagrados por Anna Pon   Religiões existem para que as pessoas se conectem com o Sagrado, com Deus. Não importa a religião escolhida, não existe religião melhor ou pior porque são caminhos diferentes que levam ao mesmo Deus que é pai de toda a humanidade. As pessoas estão se perdendo em suas práticas religiosas, estão querendo competir, reviver tempos trevosos, quando deveriam ser mensageiros da Luz, do bem que a religião prega sem distorcer as palavras sagradas. Se a religião escolhida não te incentiva a ser melhor, mais humano, compassivo, se não lhe ensina a respeitar os outros que escolheram outra religião, então há algo errado. Na vida temos direitos e deveres, viver em sociedade requer respeito e se exigimos que nos respeitem, temos a obrigação de respeitar o outro, é simples assim, porém, diariamente, nos chegam, aos ouvidos, relatos de intolerância, de agressões verbais e físicas, ameaças, enfim, uma infinidade de conflitos que nada tem a ver com o sagrado, com as relig

Vidas Passadas

Imagem
  Vidas Passadas "Não somos apenas o aqui e agora, como encarnados, fomos muitos, embora como espíritos, sejamos sempre um. Memórias de vidas passadas que interferem no equilíbrio hoje, são resíduos cármicos que emergem do inconsciente milenar que, por sua vez, podem ser aproveitadas por entidades malévolas que, por alguma razão, nos queiram atingir. O objetivo da Apometria, segundo Ramatís, é o bem estar e a cura das pessoas fornecendo condições para que as mesmas progridam em todos os sentidos existenciais, malgrado a oposição de muitos quanto à eficácia da técnica. A Lei do Carma não é sádica nem torturante, em alguns casos, a espiritualidade pode interferir modificando o carma do consulente seja por merecimento ou em benefício da coletividade que o cerca. Nem todos os problemas que afligem as pessoas são cármicos e, nesses casos, a espiritualidade é autorizada a interferir em benefício e socorro do consulente. Apometria não é Terapia de Vida Passada". Trecho do Estudo sob

Um Preto Velho na Igreja Evangélica

Imagem
  A história que vou contar é real, porém, nomes de instituições e pessoas, são fictícios, o objetivo é respeitar a todos. Nascido e criado no meio Umbandista, um dia Ari resolveu buscar outra religião, já não sentia, em seu coração, o mesmo amor, a mesma fé, por sua religião de berço, sendo assim, partiu em busca de algo novo que fosse capaz de preencher o vazio que sentia naquele momento. Ari é jovem, tem amigos, e foi conversando com um amigo sobre religião, que decidiu conhecer uma igreja evangélica. No começo pediu muitas informações ao amigo que o acompanharia. O amigo falava sobre a igreja e sua religião com entusiasmo, com alegria e isso animou Ari a seguir em frente. No primeiro momento, Ari se sentiu desconfortável na igreja, mas por respeito, manteve a calma e participou do culto prestando muita atenção no que era dito e em todos. Tudo era muito diferente, desde o modo de se vestir, até o modo de agir das pessoas, tudo era muito novo, estranho e diferente para Ari que desde

A Umbanda e o Diabo

Imagem
A Umbanda e o Diabo por Anna Pon Acredito que ninguém se torna Umbandista do dia para a noite. Ser Umbandista é um processo, para uns lento, para outros rápido e para alguns outros, trata-se de religião de berço, legado familiar. Muitos buscam a Umbanda por curiosidade, por ouvir falar que as entidades curam, ajudam a encontrar emprego, amor, etc., mas a partir do momento que pisam num terreiro, algo dentro dessas pessoas muda; uns vão embora para nunca mais voltar e outros se encantam a ponto de desejarem seguir na religião. Há ainda os que se mantem numa atitude de desconfiança e preferem frequentar um tempo antes de decidir se acolhem ou não a Umbanda em seu coração. Tudo isso é muito normal, acontece com frequência. É natural que pessoas que não conhecem a religião, se sintam desconfiadas, curiosas e passem a observar o comportamento de todos na gira. São muitos gestos, sons, aromas. No começo tudo isso confunde, mas a grande confusão mesmo fica por conta da linha de esquerda, quan