Postagens

Mostrando postagens de 2011

Dicionário Místico - Luz, halos e asas

Imagem
Dicionário Místico - Luz, halos e asas As asas dos anjos são um símbolo do seu poder divino e da sua espiritualidade. As primeiras figuras aladas apareceram em Caldeia, na cidade de Ur, de onde vem a imagem de um anjo a descer à Terra e a derramar a água da vida no cálice de um rei. Na Mesopotâmia, acreditavam que os deuses habitavam os céus e tinham asas como os pássaros. Os gregos e romanos absorveram este conceito de seres alados, concebendo os mensageiros dos deuses com asas, como o deus Hermes para os gregos, e Mercúrio para os romanos, uma figura que tinha asas nos pés. Os judeus, que viveram muito tempo sob o domínio do babilónios, expressaram o conceito dos anjos como seres alados ao longo de todo o Antigo Testamento. Os Serafins, que contam o maior números de asas, aparecem com seis, enquanto os Querubins têm quatro. O Novo Testamento também descreve os anjos como tendo asas, e o "Evangelho segundo S. Lucas" descreve os anjos revoluteando sobre o pesebre durante

UMA HISTÓRIA DE NATAL (xamanismo)

Imagem
UMA HISTÓRIA DE NATAL (xamanismo) Este artigo foi rejeitado, de forma desrespeitosa, pela Wikipédia brasileira, alegando, entre outras coisas, ser uma desinformação, uma afronta à história do Papai Noel e retirada da Página do Papal Noel.  A wiki americana confirma as informações rejeitadas pela rede brasileira. O objetivo não é confundir ninguém, mas sim trazer uma corrente de pensamento, de estudo...Particularmente acho melhor ligar a raiz ao xamanismo do que à Coca-Cola. Portanto é mais uma realidade, uma possibilidade. Natal sempre marca o solstício de inverno (hemisfério norte). É nesse período que os xamãs, até hoje, realizam rituais de passagem para um novo ciclo anual. Muitos povos xamânicos também comemoravam a cerimônia da árvore, representando a "Árvore do Mundo". Será por isso que levamos uma para dentro de nossas casas e a enfeitamos? Partimos da crença de que a lenda do Papai Noel nasceu na Sibéria. Existia uma tribo na antiga Sibéria chamada O Povo das Renas

Mamãe Oxum

Imagem
Mamãe Oxum Texto original do site Minha Umbanda É a força dos rios, que correm sempre adiante, levando e distribuindo pelo mundo sua água que mata a sede. É a Mãe da água doce, Rainha das cachoeiras, Deusa da candura e da meiguice. Orixá da prosperidade e da riqueza interior, ela é a manifestação do Amor, o amor puro, real, maduro, solidificado, sensível e incondicional, por isso é associada à maternidade e ligada ao desenvolvimento da criança ainda no ventre da mãe, da mesma maneira que Iemanjá. A regência fascinante de Oxum é o processo de fecundação, na multiplicação da célula mater. É Oxum quem gera o nascimento de novas vidas que estarão no período de gestação numa bolsa de água – como ela, Oxum, rainha das águas. É, sem dúvida alguma, das regências mais fascinantes, pois é o início, a formação da vida. É Oxum que "tomará conta" até o nascimento, quando, então, entrega à Iemanjá, que será responsável pelo destino daquela criança. Ox

O Jovem na Umbanda

Imagem
Olá amigos! Dedico o texto abaixo, de ótima qualidade, diga-se de passagem, a todos os meus manos jovens Umbandistas bem como a todos os jovens que buscam, na Umbanda, um caminho de Luz, Paz, Amor, Harmonia e Alegria! Anna Pon O Jovem na Umbanda Cada vez mais podemos ver que o número de jovens que procuram a religião de Umbanda tem crescido muito e isso tem acontecido de forma natural. São milhares de adolescentes e “jovens adultos” que adentram os terreiros de umbanda a procura do crescimento espiritual, do conselho do guia, da comunhão com a espiritualidade superior, a vivência de uma religiosidade saudável, do desenvolvimento de suas faculdades mediúnicas, etc. Isso tem sido muito positivo e reflete bem o “espírito da Umbanda”. Mas, o que faz ela ser tão atraente aos jovens? Os guias, os rituais, a música, o amor aos Orixás, etc.? Sim, tudo isso com certeza, mas principalmente, a falta de dogmas e a própria filosofia da religião. A Umbanda é jovem e assim t

Celtas - Magia, Espiritualidade e Sabedoria -

Imagem
Olá amigos! O texto abaixo é muito bom e esclarecedor! Para nós, que somos Espiritualistas, suas palavras contêm sentido profundo e muitas semelhanças com o Xamanismo e até mesmo com a Umbanda, uma vez que o povo Celta era ligado à Natureza. Em sua maneira de viver a espiritualidade, esse povo rico de sabedoria, também acreditava nos ensinamentos que podemos claramente encontrar na Doutrina Espírita e isso não é de se espantar, uma vez que a informação que temos sobre Allan Kardec, é que sua encarnação anterior a de codificador do espiritismo, foi de um druida, ou seja, sacerdote celta. Tudo isso é muito interessante e reforça nossa crença na reencarnação, nas forças da natureza e na energia emanada pelo Universo. A crença do povo celta se assemelha à nossa crença Umbandista e Espiritualista nos seres elementais, nos quatro elementos e na magia natural que envolve todas essas questões, permitindo que sejamos curadores, orientadores e medianeiros em parceria com a Mãe Terra e com