Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2012

As entidades ciganas na Umbanda

Imagem
Olá amigos!
Muitas pessoas, Umbandistas ou não, sentem atração pelo povo cigano, o chamado Povo das Estrelas que encanta pela beleza, alegria e magia.
Talvez parte desse encantamento se deva ao fato que todos nós, que cremos na reencarnação, quando nos sentimos atraídos de forma intensa por um povo, país, etc; no fundo de nossos corações sabemos que tivemos sim alguma ligação passada com tal cultura. Esse sentimento então cria vida dentro de nós e não raras vezes, sentimos muita saudade do nosso povo ancestral ou daquele ao qual pertencemos em nossa última encarnação. Talvez, aos médiuns de Umbanda que sintam forte atração pela cultura cigana, seja muito mais fácil e acessível o trabalho com as entidades dessa Linha de Atuação, porém, não significa que outros, que não sentem a mesma atração, não venham a trabalhar em parceria com as entidades ciganas.
Pelo texto abaixo, fica claro que os ciganos na Umbanda, obedecem às Leis Regentes da religião e, se por ventura mesclam às Leis de Um…

Engambelo - o médium mistificado -

Imagem
Olá amigos!


Desde que comecei meu caminho pelas vias da espiritualidade, sempre ouvi falar sobre os cuidados que todo médium, sem exceção, deve ter com o seu dom, sendo a vaidade, o excesso de confiança e o desprezo pelo trabalho dos outros irmãos seus de jornada, as teclas insistentemente batidas pelos espíritos amigos.
Nenhum de nós, médiuns em atividade, seja essa atividade de qual natureza for, estamos imunes à mistificação ou ao assédio de espíritos descomprometidos com o bem. Todos estamos sujeitos a esse tipo de interferência, portanto, orar e vigiar nunca será demais, nem tampouco avaliar a si próprio quanto ao trabalho que vem desempenhando junto à espiritualidade e junto às pessoas, jamais será demais, antes sim é uma necessidade. Não existe título ou condição, aqui na Terra, capaz de isentar quem quer que seja desse tipo de assédio e interferência, sendo assim, quem tem o dom deve por ele zelar, a fim de que não venha a se transformar em marionete divertida nas mãos daqueles …

Médiuns escravos!?

Imagem
Olá amigos!

Como sempre, Mestre Ramatís nos fala fundo ao coração e nos convoca à reflexão. Confesso que nessa manhã, antes de chegar a ler o texto abaixo, me peguei pensando justamente na questão da imaturidade espiritual e na pouca valia de se frequentar um templo, seja lá de que religião for, sem realmente sentir, intimamente, a mensagem que lá recebemos nos convidando a sermos melhores a cada dia, mais solidários, responsáveis por nós mesmos.
Muita gente frequenta templos pelo simples fato de ter onde ir pelo menos uma vez por semana. Desperdiçando assim a grande chance de se fortalecer e usufruir do bem que ali se prega mesmo que, o pregador, seja apenas um aprendiz, como aliás, somos todos nós. Dentro dos templos ou casas espíritas e espiritualistas a questão não é diferente. Trabalhadores, frequentadores e teoricamente responsáveis, apresentam, não raras vezes, comportamentos incompatíveis com a Doutrina que dizem seguir, revelando, claramente, a insatisfação "velada" q…

AR - CORPO MENTAL - A força do pensamento -

Imagem
Um dos mais guardados segredos é o poder do pensamento. Você cria aquilo que pensa. Pensando em alguém ou em alguma coisa, cria-se uma forma de pensamento que é passada para a atmosfera. Este é o segredo, pensamentos podem ser materializados.

Mary Dean Atwood é uma xamã contemporânea. Fez doutorado em Psicologia Clínica na Universidade do Novo México e estudou com vários curadores nativos e no seu livro " Spirit Healing" fundamenta o poder do pensamento no xamanismo.

Os nativos realizam o poder de orar. Pelo orar passam pensamentos até as palavras com intensidade. Eles aumentam a densidade de matéria que fazem a forma pensamento. Esta matéria na volta atrai partículas do mesmo nível vibratório, até que o objeto é formado ou materializado. Se você pensa com emoção, partículas de forma pensamento rapidamente viajam grandes distâncias.

Ferramentas importantes para a Umbanda

Imagem
Não conheço, aliás, nem imagino que exista um terreiro de Umbanda que não utilize a Pemba, seja ela usada nos assentamentos e firmezas, nos pontos riscados e cruzamentos de médiuns, seja em forma de pós e amacis, nos rituais e cerimoniais como batismo, casamento, conversão religiosa… Enfim, a Pemba é um dos elementos mais importantes para um Terreiro e todo o trabalho espiritual/magístico que ele realiza.

Os Pontos Riscados também têm sua importância, também estão em todos os terreiros, são “ferramentas” das mais importantes para os trabalhos espirituais realizados pelos Guias na Umbanda. São eles que ajudam a segurar a porteira, proteger o terreiro, sustentar o trabalho, quebrar demandas, enfim, são fundamentais e carregam mistérios que somente o Plano Superior conhecem e dominam.

No entanto, é de nossa responsabilidade a busca pelo Saber, mesmo que minimamente, sobre os Pontos Riscados e Pembas ou qualquer outra forma e/ou elemento de trabalho da Umbanda, só assim conseguiremos nos “a…

Um caso de amarração (conto de Vovó Cambinda da Guiné )

Imagem
Um caso de amarração ( conto de Vovó Cambinda da Guiné )
Era um dia comum de atendimento no terreiro onde Vovó e sua médium trabalhavam. Entre um atendimento e outro, Vovó chamou seu Cambone para conversar, estabelecendo o seguinte diálogo:
- Meu filho, ouça bem! Daqui a alguns dias atenderemos uma pessoa que virá pedir à nega que faça um trabalho de amarração. Fique atento e preste muita atenção! Quero que não julgue a pessoa, nem a mande embora, deixe que a nega cuide dela. O que você vai fazer é só prestar atenção no atendimento sem julgar ou pensar mal da pessoa. Estamos entendidos? - Sim Vó. – respondeu o Cambone ressabiado, porém, acrescentando: - - Só queria dizer uma coisa Vó, se me permite. - Pode falar. - Nosso terreiro é proibido de realizar trabalhos assim. Até mesmo de atender pessoas que venham com tal pedido não é permitido. Como faremos então? Isso pode me complicar com o chefe Vó.