Postagens

Destaque

Serena - Lançamento do Clube de Autores - Obra psicografada por Anna Ponzetta

Imagem
Clique na imagem para adquirir em epub ou versão física Serena é um romance mediúnico que conta a estória de uma jovem portuguesa em terras brasileiras. Vítima de um naufrágio, no qual perdeu toda a sua família, Serena encontra ajuda inesperada para seguir vivendo e principalmente se fortalecendo numa terra absolutamente desconhecida. Sem família ou amigos, Serena passa a viver da solidariedade alheia e recebe, para sua surpresa, auxílio espiritual para vencer os inúmeros desafios que vão surgindo ao longo de sua vida no Brasil. Ela descobre muito sobre si mesma vivendo independente. Sua força de trabalho, capacidade para sobreviver e se relacionar foram algumas de suas descobertas, porém, a maior de todas, foi a da mediunidade, dom que a acompanhava sem que jamais tivesse se dado conta. Jovial e simples, Serena é um exemplo de fé e de perseverança que inspira e fortalece a crença na espiritualidade e nas vidas sucessivas. Católica de berço, Serena encontra no Brasil, outras

Dia de Ogum

 

Relato baseado em vivência espiritual - Conduzido por várias entidades

Imagem
  O ano passado, 2020, marcou a humanidade e a cada um de nós afetou de alguma forma A pandemia se estabeleceu e em todos os países modificou rotinas, hábitos, ceifou vidas e um grande esforço foi e está, hoje, abril/2021, sendo necessário para sua contenção. Nunca foi tão exigido o esforço individual com vistas ao coletivo. Nós, Umbandistas, universalistas e grande parte dos espiritualistas, bem como espiritas, há tempos ouvimos alertas da espiritualidade quanto à Transição Planetária, ou seja, o grande movimento de mudança da Terra que passará de planeta de provas e expiações para outra categoria: Regeneração.  Esse movimento de mudança do planeta convida o ser humano a evoluir pela modificação de sua conduta moral, pelo auto conhecimento e pela observação às leis que regulam a natureza e as sociedades. A pandemia está no mundo exigindo de cada um e de todos mudanças, mais empatia, solidariedade, é um convite à fraternidade. O momento exige tais mudanças porque o processo de transiçã

A Umbanda será a Religião do Futuro?

Imagem
A Umbanda será a Religião do Futuro?    A Umbanda é uma religião sem dogmas, sem tabus. Diferente de outras que se sustentam nesses "pilares" e, talvez, por conta disso, cresce a descrença nas religiões.  Muitos perderam a fé por causa da hipocrisia, dos valores distorcidos, dos preconceitos "velados" e por serem revelados os que agem de má fé abusando de todas as formas da fragilidade das pessoas. Na Umbanda, cada casa funciona segundo a determinação da espiritualidade e seu sacerdote é quem tudo coordena. Existem casas que fazem preleções explicando à assistência sobre a missão da Umbanda e dos trabalhos realizados na casa que podem ser bem diversos de uma para outra casa de Umbanda, além da maior ou menor influência de outra religião que determina seus ritos e liturgia. Na Umbanda aprendemos com outras religiões e somos orientados pela espiritualidade a fazê-lo pelo nosso crescimento individual e coletivo. Os atendimentos são realizados de forma diferente também

Sincretismo Umbandista

Imagem
Sincretismo Umbandista   O sincretismo foi uma espécie de resistência do negro escravizado. Para permanecer fiel a sua fé, essa foi a maneira encontrada de seguir a tradição religiosa mantendo vivos seus ritos e cultos. Foi fundamental para que sobrevivesse o culto de nação (Cultos Afros) que por sua vez deram origem ao Candomblé que é Culto Afro-Brasileiro.  Foi nesse momento histórico que nasceu o sincretismo em nossa cultura. O Candomblé, hoje em dia, tem duas vertentes: Uma conserva o sincretismo e a outra não. A última isola o santo do Orixá e o slogan conhecido é o seguinte - apenas como exemplo porque existem outros slogans -    "Santa Bárbara não é Yansã". Na Umbanda, que não nasceu durante o período da escravidão, o sincretismo foi conservado, tanto que na primeira tenda aberta pelo Sr. Zélio, fundador da Umbanda em parceria com o Caboclo das Sete Encruzilhadas, Santos Católicos dividem espaço com os Orixás. A influência da religião católica é, portanto, forte na Umb

Fundamentos de Umbanda (caridade-música-outros)

Imagem
  Fundamentos de Umbanda (caridade-música-outros) A Umbanda tem fundamento e um deles é não praticar sacrifício animal. Alguns segmentos de Umbanda praticam sacrifício animal por influencia do Candomblé e outros cultos de nação e em geral são eles: “Umbanda Africanista” que pode ser chamada também de “Umbanda Mista”, “Umbanda Trançada”, “Umbanda Omolocô”, ou “Umbandomblé”.  Umbandomblé são terreiros de Candomblé que passaram a trabalhar com entidades de Umbanda, como caboclos, pretos-velhos, baianos e boiadeiros e é difícil saber se se trata de um terreiro de Umbanda ou Candomblé.  Na Umbanda não há cobrança por atendimento. O que existe é uma associação que colabora mensalmente para a manutenção do terreiro. Fundamento de Umbanda é a prática da caridade, sendo assim cada médium ganha seu sustento a partir do trabalho individual. A parte espiritual é sempre oferecida gratuitamente a todos. Cada médium de Umbanda colabora com o tempo que tem disponível, uns estão a disposição semanalmen

FUNDAMENTOS DE UMBANDA

Imagem
  FUNDAMENTOS DE UMBANDA A Umbanda tem fundamentos individuais e coletivos. Individuais variam de uma casa para outra e os coletivos são aqueles praticados, aceitos por todas as casas, como a defumação, por exemplo. Definir os fundamentos de Umbanda não é tarefa fácil, mas os básicos podem ser considerados como prática comum na religião e entre as casas que são um universo de diversidades. É na unidade da Umbanda que encontramos seus fundamentos básicos, comuns a todas as casas. Existe a Umbanda e as Umbandas com seus fundamentos individuais, portanto, não existe erro e sim diversidade no conjunto. São muitas vertentes numa só religião e isso pode causar confusão, por isso se recomenda o estudo. Só o conhecimento nos permite identificar as Umbandas na Umbanda. Fundamento de uma casa especifica não é fundamento comum à todas as outras casas. Os básicos podem ser praticados em todas. Quando falamos em religião, devemos pensar que todas se inspiraram em outras e com a Umbanda não é difere

O mal ( Mensagem de Tranca Ruas das Almas )

Imagem
O mal ronda, analisa, busca investir sobre as fraquezas, fragilidades, necessidades de seus alvos. O mal usa os trajes do bem, disfarça, conhece bem o que agrada às massas, mas quando se despe, revela quão maltrapilho é em sua essência.  O mal não conhece limites, está sempre à espreita. Espera um deslize, um passo em falso para jogar sua rede e a estende onde possa alcançar. De beleza e formosura se mascara. Há quem acredite em seu brilho falso e em sua promessas vãs. O mal jamais se sacia porque é ganancioso, inescrupuloso, faz qualquer coisa pelo ter sempre mais. A vulgaridade, porém, costuma revelá-lo e nessas horas faz de tudo para se justificar aumentando o tom de voz ou lançando palavras estéreis que causam repulsa. O mal não conhece a compaixão porque está muito ocupado em armazenar riquezas para que as traças se alimentem mais tarde. Não pensa em nada o mal, a não ser em si mesmo, mas pensa com sua mentalidade disforme e incoerente com a verdade. O mal promove a discórdia, que