Postagens

Mostrando postagens de 2021

Dia de Ogum

 

Relato baseado em vivência espiritual - Conduzido por várias entidades

Imagem
  O ano passado, 2020, marcou a humanidade e a cada um de nós afetou de alguma forma A pandemia se estabeleceu e em todos os países modificou rotinas, hábitos, ceifou vidas e um grande esforço foi e está, hoje, abril/2021, sendo necessário para sua contenção. Nunca foi tão exigido o esforço individual com vistas ao coletivo. Nós, Umbandistas, universalistas e grande parte dos espiritualistas, bem como espiritas, há tempos ouvimos alertas da espiritualidade quanto à Transição Planetária, ou seja, o grande movimento de mudança da Terra que passará de planeta de provas e expiações para outra categoria: Regeneração.  Esse movimento de mudança do planeta convida o ser humano a evoluir pela modificação de sua conduta moral, pelo auto conhecimento e pela observação às leis que regulam a natureza e as sociedades. A pandemia está no mundo exigindo de cada um e de todos mudanças, mais empatia, solidariedade, é um convite à fraternidade. O momento exige tais mudanças porque o processo de transiçã

A Umbanda será a Religião do Futuro?

Imagem
A Umbanda será a Religião do Futuro?    A Umbanda é uma religião sem dogmas, sem tabus. Diferente de outras que se sustentam nesses "pilares" e, talvez, por conta disso, cresce a descrença nas religiões.  Muitos perderam a fé por causa da hipocrisia, dos valores distorcidos, dos preconceitos "velados" e por serem revelados os que agem de má fé abusando de todas as formas da fragilidade das pessoas. Na Umbanda, cada casa funciona segundo a determinação da espiritualidade e seu sacerdote é quem tudo coordena. Existem casas que fazem preleções explicando à assistência sobre a missão da Umbanda e dos trabalhos realizados na casa que podem ser bem diversos de uma para outra casa de Umbanda, além da maior ou menor influência de outra religião que determina seus ritos e liturgia. Na Umbanda aprendemos com outras religiões e somos orientados pela espiritualidade a fazê-lo pelo nosso crescimento individual e coletivo. Os atendimentos são realizados de forma diferente também

Sincretismo Umbandista

Imagem
Sincretismo Umbandista   O sincretismo foi uma espécie de resistência do negro escravizado. Para permanecer fiel a sua fé, essa foi a maneira encontrada de seguir a tradição religiosa mantendo vivos seus ritos e cultos. Foi fundamental para que sobrevivesse o culto de nação (Cultos Afros) que por sua vez deram origem ao Candomblé que é Culto Afro-Brasileiro.  Foi nesse momento histórico que nasceu o sincretismo em nossa cultura. O Candomblé, hoje em dia, tem duas vertentes: Uma conserva o sincretismo e a outra não. A última isola o santo do Orixá e o slogan conhecido é o seguinte - apenas como exemplo porque existem outros slogans -    "Santa Bárbara não é Yansã". Na Umbanda, que não nasceu durante o período da escravidão, o sincretismo foi conservado, tanto que na primeira tenda aberta pelo Sr. Zélio, fundador da Umbanda em parceria com o Caboclo das Sete Encruzilhadas, Santos Católicos dividem espaço com os Orixás. A influência da religião católica é, portanto, forte na Umb

Fundamentos de Umbanda (caridade-música-outros)

Imagem
  Fundamentos de Umbanda (caridade-música-outros) A Umbanda tem fundamento e um deles é não praticar sacrifício animal. Alguns segmentos de Umbanda praticam sacrifício animal por influencia do Candomblé e outros cultos de nação e em geral são eles: “Umbanda Africanista” que pode ser chamada também de “Umbanda Mista”, “Umbanda Trançada”, “Umbanda Omolocô”, ou “Umbandomblé”.  Umbandomblé são terreiros de Candomblé que passaram a trabalhar com entidades de Umbanda, como caboclos, pretos-velhos, baianos e boiadeiros e é difícil saber se se trata de um terreiro de Umbanda ou Candomblé.  Na Umbanda não há cobrança por atendimento. O que existe é uma associação que colabora mensalmente para a manutenção do terreiro. Fundamento de Umbanda é a prática da caridade, sendo assim cada médium ganha seu sustento a partir do trabalho individual. A parte espiritual é sempre oferecida gratuitamente a todos. Cada médium de Umbanda colabora com o tempo que tem disponível, uns estão a disposição semanalmen

FUNDAMENTOS DE UMBANDA

Imagem
  FUNDAMENTOS DE UMBANDA A Umbanda tem fundamentos individuais e coletivos. Individuais variam de uma casa para outra e os coletivos são aqueles praticados, aceitos por todas as casas, como a defumação, por exemplo. Definir os fundamentos de Umbanda não é tarefa fácil, mas os básicos podem ser considerados como prática comum na religião e entre as casas que são um universo de diversidades. É na unidade da Umbanda que encontramos seus fundamentos básicos, comuns a todas as casas. Existe a Umbanda e as Umbandas com seus fundamentos individuais, portanto, não existe erro e sim diversidade no conjunto. São muitas vertentes numa só religião e isso pode causar confusão, por isso se recomenda o estudo. Só o conhecimento nos permite identificar as Umbandas na Umbanda. Fundamento de uma casa especifica não é fundamento comum à todas as outras casas. Os básicos podem ser praticados em todas. Quando falamos em religião, devemos pensar que todas se inspiraram em outras e com a Umbanda não é difere

O mal ( Mensagem de Tranca Ruas das Almas )

Imagem
O mal ronda, analisa, busca investir sobre as fraquezas, fragilidades, necessidades de seus alvos. O mal usa os trajes do bem, disfarça, conhece bem o que agrada às massas, mas quando se despe, revela quão maltrapilho é em sua essência.  O mal não conhece limites, está sempre à espreita. Espera um deslize, um passo em falso para jogar sua rede e a estende onde possa alcançar. De beleza e formosura se mascara. Há quem acredite em seu brilho falso e em sua promessas vãs. O mal jamais se sacia porque é ganancioso, inescrupuloso, faz qualquer coisa pelo ter sempre mais. A vulgaridade, porém, costuma revelá-lo e nessas horas faz de tudo para se justificar aumentando o tom de voz ou lançando palavras estéreis que causam repulsa. O mal não conhece a compaixão porque está muito ocupado em armazenar riquezas para que as traças se alimentem mais tarde. Não pensa em nada o mal, a não ser em si mesmo, mas pensa com sua mentalidade disforme e incoerente com a verdade. O mal promove a discórdia, que

Imposição de mãos (passe)

Imagem
  O momento exige distanciamento social devido à pandemia. Alguns médiuns e consulentes dos templos umbandistas sentem falta da prática do passe, muitas vezes realizado apenas pela imposição das mãos do médium que transmitem fluídos/energias, salutares. Ambos, médium e consulente, se beneficiam com a prática, mas como fazer à distancia? Quanta falta as pessoas sentem tanto de doar quanto de receber esses fluídos? Acredito que muitos sentem falta, até, em alguns casos, necessidade desse recurso que é uma benção de Deus transmitida pela espiritualidade e pelo próprio ectoplasma do médium. Eis ai, então, um grande aprendizado para o momento: O médium pode doar ectoplasma através de uma oração simples ou de meditação. A espiritualidade se encarrega de recolher essa doação que será certamente utilizada em beneficio de muitos que estão precisando. Quem não é médium, ou ainda não desenvolveu sua mediunidade, pode, através do mesmo processo, receber essas energias/fluídos, recorrendo igualment

Bater Cabeça ( o que significa)

Imagem
  Bater Cabeça ( o que significa) Bater cabeça, na Umbanda, significa saudar o sagrado encostando a testa no chão ou altar. Varia de uma casa para outra. Cada casa adota seu próprio ritual e liturgia. Quando vamos pela primeira vez a um terreiro, o ideal é observar o comportamento dos demais por respeito à casa que se visita.    Bater cabeça, portanto, significa saudar, reverenciar, respeitar, entregar-se ao sagrado, amor, devoção e religiosidade. Médium de Umbanda bate cabeça porque se entrega ao trabalho com fé, confiança na espiritualidade e nos guias que o assistem. Batemos cabeça onde sentimos confiança, mas acima de tudo para nossa mãe Umbanda que mesmo diversa, é uma só energia O gesto é muitas vezes intuitivo porque sabemos, dentro de nós, o que significa reverenciar e se doar à uma religião que amamos. Explicações, às vezes, são desnecessárias e não atingem a profundidade do sentimento que o gesto proporciona.   Bater cabeça também é um gesto de humildade, se feito de coração,
Imagem
  Oferendas Básicas Umbandistas  por Rubens Saraceni  Atenção : As oferendas abaixo descritas, tem por base a doutrina de Umbanda Sagrada de Rubens Saraceni. Existem outras formas, elementos e cada um segue segundo o que mais lhe agrade à consciência e ao coração. De qualquer forma conhecer é sempre bom porque amplia nossos horizontes e reforça dentro de nós a necessidade de nos respeitarmos uns aos outros.  Respeitar a fé do outro é fundamental. Anna Pon   Oferenda ao Orixá Oxalá   • Toalha ou pano de cor branca;  • velas brancas;  • frutas brancas (melão, goiaba etc.);  • vinho branco doce ou suave;  • flores brancas (todas);  • fitas brancas;  • linhas brancas;  • comidas brancas (canjica, arroz doce, coalhada adocicada etc.);  • pães;  • mel;  • farinha de trigo (para circular e fechar por fora as oferendas);  • coco seco e sua água colocada em copos;  • coco verde com uma tampa cortada e um pouco de mel derramado dentro da sua água;  • água em cálices ou copos;  • pedras de crista