Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2012

A industria da Fé

Não nos cumpre julgar o labor dos seres humanos; apenas desejamos destacar o "quantum" de renúncia e de trabalho que os humildes oferecem para o bem alheio. É óbvio que terá mais merecimento perante Deus a preta velha que, mesmo prejudicada no seu labor doméstico ainda presta serviços de amor ao próximo, no benzimento ou no "desmancho" gratuito, que a mulher que só o faz a troco de boa remuneração dos seus consulentes. Mas não exagereis demasiadamente esse conceito do "dai de graça", quando o aplicais exclusivamente no julgamento alheio, pois que recebidos "de graça" são todos os dons que recebeis de Deus, visto que ele é o verdadeiro doador da vida. Todos vós estais cheios desses dons: os olhos, as mãos, os ouvidos, o paladar, o olfato e o tato são dádivas que o Pai vos concedeu para o crescimento espiritual. No entanto, esses bens sublimes muitos os transformam em instrumento para prognosticar a queda moral da irmã desavisada, o fracasso do ami…

Chico Xavier e Dr.Bezerra de Menezes (uma das muitas belas histórias de Chico)

O mais bonito, não eram apenas as visitas que o Chico fazia com os grupos, mas aquelas anônimas que ele realizava pela madrugada, quando saía sozinho para levar seu conforto moral à famílias doentes, a pessoas moribundas, às vezes acompanhado por um amigo para assessorá-lo, ajudá-lo, pois já portava alguns problemas de saúde, mas sem que ninguém o soubesse.
Ali estava a maior antena paranormal da humanidade dos últimos séculos, apagando este potencial para chorar com uma família que tinha fome.
Ele contou-me que tinha o hábito, em Pedro Leopoldo, de visitar pessoas que ficavam embaixo de uma velha ponte numa estrada abandonada, e que ruíra.... Iam ele, sua irmã Luiza e mais duas ou três pessoas muito pobres de sua comunidade..
À medida que eles aumentavam a freqüência de visitas, os necessitados foram se avolumando, e mal conseguiam víveres para o grupo, pois que os seus salários eram insuficientes, e todos eram pessoas de escassos recursos.
O esposo de Luíza, que era fiscal da prefeit…

A importância do médium desiludir-se de si mesmo

Médiuns...fazendo a caridade?

Ser médium! Será que sempre que saímos de um terreiro de Umbanda, após recebermos um passe ou consulta de alguma entidade, deixando por lá invariavelmente parte de nossas angústias cotidianas, nos passa pela cabeça todos os conflitos e peculiaridades que permeiam as vidas pessoais dos médiuns que ali trabalham ou especificamente daquele que acabou de possibilitar nosso atendimento?


O exercício da mediunidade na Umbanda na maioria dos casos passa por inúmeras fases: as perturbações normais da mediunidade latente e não desenvolvida, a busca muitas vezes penosa por um local que nos passe afinidade para trabalhar, as primeiras experiências e sensações com as vibrações dos guias, o período das incorporações ainda não bem "encaixadas" em que a dúvida quanto ao animismo é uma constante e finalmente o intercâmbio mediúnico já maduro e bem sintonizado com as entidades de trabalho. Todas estas etapas são monitoradas e requerem uma ação constante do plan…