Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2012

SACRIFÍCIO DE ANIMAIS POR CARLOS BUBY

SACRIFÍCIO DE ANIMAIS
POR CARLOS BUBY


"No mundo lógico,
aquele que inverter o
óbvio levará vantagem"

Carlos Buby


O Templo Guaracy não realiza rituais que envolvem sacrifícios de animais. Esta restrição ritualística fundamenta-se nos Princípios, expostos na página Apresentação, que pregam a Preservação e o Desenvolvimento da Vida. A prática de ritos que, direta ou indiretamente, atentam contra a Vida seria de tal forma incoerente com a Filosofia Guaracyana que o Templo perderia sua finalidade essencial. Porém, a posição do Templo Guaracy diante das tradições que praticam rituais com sacrifícios de animais é de profundo respeito. Isto porque conhecemos bem a forma sagrada de como tais animais são abatidos.


No Candomblé, cada animal sacrificado é previamente submetido a ritos que dignificam o ato. À Natureza são oferecidos os "Axés", e à comunidade o alimento. As partes do animal que são oferecidas aos Orixás correspondem a rigorosos preceitos litúrgicos. O restante é oferta…

Aceitação

Quando precisamos aceitar uma circunstância que não foi planejada, o primeiro impulso que temos é o de ser resistente à nova situação.

É difícil aceitar as perdas materiais ou afetivas, a dificuldade financeira, a doença, a humilhação, as traições.

A nossa tendência natural é resistir e combater tudo o que nos contraria e que nos gera sofrimento.

Agindo assim, estaremos prolongando a situação. Resistir nos mantém presos ao problema, muitas vezes perpetuando-o e tornando tudo mais complicado e pesado.

Em outras ocasiões, nossa reação é a de negação do problema e, por vezes, nos entregamos a desequilíbrios emocionais como revolta, tristeza, culpa e indignação.

Todas essas reações são destrutivas e desagregadoras.

Quando não aceitamos, nos tornamos amargos e insatisfeitos. Esses padrões mentais e emocionais criam mais dificuldades e nos impedem de enxergar as soluções.

Pode parecer que quando nos resignamos diante de uma situação difícil, estamos desistindo de lutar e sendo fracos.

Mas não. Apen…

Os Fundamentos Divinos das Linhas de Umbanda Sagrada

Imagem
Os Fundamentos Divinos das Linhas de Umbanda Sagrada


A Umbanda, ainda que não evidencie isso à primeira vista, é uma religião muito rica em fundamentos divinos. E, se isso acontece, é porque é nova, não foi codificada totalmente e não tínhamos um indicador seguro que nos auxiliasse na decodificação dos seus mistérios.


Atualmente, um século após sua fundação por Zélio Fernandino de Moraes e o senhor Caboclo das Sete Encruzilhadas, espíritos mensageiros têm transmitido-nos algumas chaves mestras que têm aberto vastos campos para decodificarmos seus mistérios e iniciarmos sua verdadeira codificação, tornando-a tão bem fundamentada que talvez, no futuro, outras religiões recorram a estas chaves para interpretarem seus próprios mistérios. Se não, vejamos:

1º) Na Umbanda, as linhas de trabalhos espirituais, formadas por espíritos incorporadores, têm nomes simbólicos.

2º) Os guias incorporadores não se apresentam com outros nomes, e só se identificam por nomes simbólicos.

3º) Todos eles são magos…

Mediunidade de Cura

Imagem
O médium em prova

O médium em prova na matéria não deve esquecer que a sua faculdade mediúnica é apenas o sagrado ensejo de ele renovar-se espiritualmente; portanto, não deve prestar-se a qualquer especulação mercenária. Se, além de sua função de médium, ele ainda é obrigado a sacrifícios para prover a família debatendo-se mesmo na extrema miséria, não há dúvida de que na existência pregressa tanto fez mau uso do seu poder ou de sua inteligência, como também delinquiu devido ao mau uso da riqueza.

A Lei Cármica, apesar de sua função retificadora, é também de ação educativa, pois não só favorece o espírito para o resgate mais breve dos seus débitos passados, como ainda o situa na carne em condições de evitar-lhe novos desatinos, graças à redução prudente dos seus bens ou poderes materiais no mundo físico. Mercê da bondade do Alto, o espírito endividado recebe o aval da mediunidade para ressarcir-se das culpas pretéritas, mas a sabedoria da Lei ainda o protege no apressamento de sua liqu…