Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2013

Água Fluidificada

Imagem
Olá! O texto abaixo explica a ação da água fluidificada no organismo humano. Vale o esclarecimento, apesar de discordar do último parágrafo. Em minha humilde opinião, penso que o efeito dessa água, energizada pela espiritualidade, seja diferente em cada pessoa, ou melhor, varia de pessoa para pessoa segundo a sua necessidade, portanto, diferente do que afirma o autor do texto, a água pode ser consumida por todos que assim desejarem ou sentirem necessidade quantas vezes sintam esse desejo em forma de intuição. Sabemos que o efeito da água só se concretiza quando existe fé, assim sendo, cada um receberá da água o que realmente necessitar, tendo a mesma sua ação terapêutica neutralizada diante da falta de fé, porém,  jamais causando mal ou dano algum. Essa é a opinião que compartilho com os amigos, no mais, boa leitura! Anna Pon   Água Fluidificada Quem faz a fluidificação da água? Em geral, são os Espíritos desencarnados que, durante as sessões de fluido terapia, fluidificam a á

A arte do não fazer - Ócio, por Osho -

Imagem
A arte do não fazer Existem coisas que só acontecem, que não podem ser feitas. O fazer diz respeito a coisas muito banais, mundanas. Você pode fazer alguma coisa para ganhar dinheiro; pode fazer alguma coisa para ser poderoso, pode fazer alguma coisa para ter prestígio; mas não pode fazer nada quando o assunto é amor, gratidão, silêncio. É importante entender que o "fazer" significa o mundo, e o não fazer significa aquilo que está além deste mundo — onde as coisas acontecem, onde só a maré o arrasta para a praia. Se você nadar, a coisa não acontece. Se você fizer algo, estará na verdade cooperando para que ela não aconteça; porque todo fazer é mundano. Muito poucas pessoas chegam a conhecer o segredo do não fazer e a deixar que as coisas aconteçam. Se você almeja grandes coisas — coisas que estão além do pequeno alcance das mãos humanas, da mente humana, das capacidades humanas —, então você terá que aprender a arte do não fazer. Eu a chamo de meditação. É um problema,

Prova de fé

Imagem
PROVA DE FÉ Vovô Florentino de Agodô  por Douglas O Elias  Ele firmou direito como bem sabia, afinal, médium dedicado na Gira, digno instrumento dos Seus Guias para a Luz de Olorum e dos Sagrados Orixás a brilhar na vida das pessoas. E naquela semana, na manhã que se ensolarava, orava na gratidão da vida, pedindo proteção para cada Orixá entre outras que necessitava. Orou assim : “... Que meu pai Oxalá me enalteça na Fé. Ogum, me proteja na Lei. Xangô que me dê equilíbrio na Justiça Divina. Oxóssi, na saúde e na fartura me permita a tê-las. Oxum, que me dê amor. Obaluayê, transforme em paz o que for ruim e Iemanjá me faça criativo e me gerem prosperidades. Exu, Pomba-gira e Exu Mirim, pelo meus Guardiões, tome conta de mim, me livrando das maldades... Sarava!” E dirigiu-se para seu trabalho profissional. Porém, logo na saída de sua residência, se destemperou com sua esposa que lhe reclamava algo necessário para sua família. E a esculachou ralhando ingratidões se dizendo ele o chefe da

Pomba Gira

Imagem
Olá!!! Quando o assunto é o coração, a primeira indicação dentro de um terreiro de Umbanda é consultar Pomba Gira ou Cigana.  Tal indicação se deve ao fato de que essas entidades espirituais são especialistas nessas questões, uma vez que lidam com a psique humana e os assuntos terrenos práticos como "amor", emprego, mudanças, etc.  As aspas no amor, logo acima, é algo simples, teoricamente, de ser explicado, uma vez que nomeiam, as pessoas em geral, de amor, a posse, obsessão, paixão e o amor nada tem a ver com sentimentos como esses. A confusão começa nesse ponto e segue até levar a pessoa confusa ao ponto de querer, por força, amarrar outra a ela para sempre.  Ainda bem que as entidades espirituais sérias e comprometidas com a verdade e justiça, não realizam tais pedidos afoitos, antes sim mostram outros caminhos e possibilidades às pessoas despertando-as desse transe maléfico que muitas vezes termina em tragédia.  No texto abaixo podemos encontrar brevemente descrita, a

O TRABALHO DOS GUARDIÕES NO FINAL DO ANO E NO CARNAVAL

Imagem
O TRABALHO DOS GUARDIÕES NO FINAL DO ANO E NO CARNAVAL "ANJOS DO RESGATE" Quando sentimos solidão, revolta, raiva, medo etc., abrimos "portas" para a atuação de espíritos que vibram nessa mesma frequência. O final do ano é sempre uma época de emoções intensas: reavaliação da vida, saudades de parentes que partiram para outra dimensão, tristeza por amores perdidos, frustração financeira, melancolia por conflitos familiares, estresse, etc. Só que essas emoções sendo vividas de modo coletivo, geram uma força potencialmente destrutiva. Os espíritos dos que partiram e ainda não entendem ou aceitam sua condição de desencarnados, encontram nas vibrações desgovernadas que os encarnados emitem, especialmente, nessa época do ano uma espécie de facilitador para sua ancoragem obsessiva. A maioria das pessoas religiosas, sabe que o carnaval é uma época de assédio do baixo astral, entretanto, o nosso natal, onde quase ninguém se lembra do nascimento do Menino Cris

Exus e Pombas Giras

Imagem
Exus e  Pombas Giras Vamos conhecer um pouco mais sobre nossos aguerridos Exus e Pombas giras? Abaixo segue um texto, claro e objetivo sobre seu comportamento ESPECULAR ao manifestar-se nos terreiros umbandistas. "Muitas vezes, ele funciona como um espelho, refletindo em seu comportamento os defeitos e qualidades de seu médium. Não estamos falando aqui de mistificação nem animismo e sim de um comportamento em que pela convivência um exterioriza qualidades e defeitos do outro. Apesar de Exu ter opinião própria a manifesta em linguagem simples e direta de forma que todos entendam. É ele a entidade mais próxima a nossa realidade e anseios materiais. Quando o médium começa a se desenvolver costuma ouvir que há a necessidade de doutrinar seu Exu. É natural que o médium não tenha doutrina no inicio de sua jornada espiritual e Exu exterioriza isso em seu comportamento, após boa doutrinação da entidade veremos a necessidade de doutrina também para o médium que acaba de chegar na casa.