Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2014

"Elementais, Encantados e Naturais", Alexandre Cumino.

Imagem
 "Elementais, Encantados e Naturais"
por Alexandre Cumino
Sei que é complicado conseguirmos fontes confiáveis de informação a respeito de assuntos como este proposto (elementais e encantados da natureza). 

Dentro da literatura kardecista me limito a fazer menção de uma obra de Chico Xavier, não pela quantidade de informação mas pela autenticidade e valor incontestável da mediunidade deste verdadeiro “apóstolo” encarnado.

André Luiz em suas obras psicografadas na mão de Chico Xavier, não perde oportunidades em citar o valor e as benesses adquiridas no contato com a natureza, como em “Os Mensageiros” cap 41(entre árvores), por exemplo, e vai além no livro “Nosso Lar”, cap.50 pg.279, temos este texto:

A Visão do Xamã

Olá!

Como é bela a simplicidade e quanta sabedoria há entre os povos mais simples desse nosso Brasil!
O mito está entre eles, o herói forma Xamãs através das histórias contadas e repassadas oralmente de geração a geração. Perfeitamente integrado à natureza, o povo indígena segue vivendo malgrado a loucura das grandes cidades que os cercam e sufocam, de alguma forma. É muito triste saber que esse povo sofre a ação do homem branco que, desconectado de sua essência, nada nem a ninguém respeita. Pensar que o Xamã, que cura seu povo, sofre a ameaça dos venenos espalhados pelo homem branco através do mau uso dos recursos naturais é lamentável e desrespeitoso. O Xamã é o médium da natureza e sua conexão com os animais é pura, coisa de espírito altamente iluminado. Mais ou menos no meio do vídeo, há o relato de um jovem Xamã. Muito interessante a história dele, sua mediunidade, clara e pura, revela a simplicidade com a qual todos nós deveríamos encarar as coisas da alma, do além de nós aqui, encarna…

MEDIUNIDADE DE CURA - Ramatis

Imagem
Trecho do livro: MEDIUNIDADE DE CURA - Ramatis

O médium enfermo "deve" ou pode transmitir passes?

Não recomendamos a ninguém que receba passes mediúnicos ou magnéticos de criaturas com moléstias contagiosas, de moral duvidosa ou de costumes viciosos e censuráveis.

 É tão absurdo alguém pretender dar aquilo que ainda não possui em si mesmo, qual seja a saúde física ou espiritual, quanto ensinar aquilo que desconhece.

E isso ainda se torna mais grave no caso do passe mediúnico ou magnético, pois desde que o médium se encontra enfermo, a sua tarefa mediúnica se torna contraproducente, uma vez que ele projetará algo de suas próprias condições enfermiças sobre os pacientes que se sintonizarem passivamente à sua faixa vibratória "psicofísica". 

Nos contágios acidentais entre pessoas sadias e enfermas, que ocorrem na vida cotidiana, aquelas que são assaltadas pelos germens, às vezes, ainda conseguem mobilizar à última hora as suas energias defensivas e então reagir em tempo, e…