Postagens

Mostrando postagens de 2014

O que é mediunidade – Todos são médiuns? – Tipos de mediunidade.

Imagem
O que é mediunidade – Todos são médiuns? – Tipos de mediunidade.
A mediunidade é faculdade inerente ao ser humano, portanto, desde os primórdios dos tempos, ela existe.
Não é apenas a habilidade de manter contato com espíritos, é também uma forma de manter contato com outras realidades diferentes das que estamos habituados.
O médium é o “meio”, o que inter media a comunicação de natureza variada.
Allan Kardec tornou conhecida a palavra mediunidade.
A prática mais antiga de mediunidade é o Xamanismo.
A manifestação mediúnica remonta a remotos tempos, com os antigos Xamãs que também eram magos.
 No Xamanismo o transe, o ritual, as visões e a busca por respostas às mais comuns perguntas sobre a vida são formas de trabalhar a mediunidade.
Todos os seres humanos são médiuns, porém, nem todos são médiuns de incorporação, mesmo porque existem vários tipos de mediunidade, mas todos, em maior ou menor grau, são médiuns.
Em todos os tipos de mediunidade é de fundamental importância o autoconheciment…

Expansão e esvaziamento da religião de Umbanda

Expansão e esvaziamento da religião de Umbanda

No período entre 1945 e 1979, a religião de Umbanda se expande de maneira vertiginosa.
Uma das razões pelas quais essa expansão aconteceu, ficou por conta de Jorge Amado que, eleito deputado, na época, conseguiu aprovar a Lei de Liberdade de Culto.
Em 1952, é fundado o Primado de Umbanda por Benjamim Figueiredo da Tenda Espírita Mirim e o Primado de Umbanda se torna, naquela época, a maior organização Federativa da religião de Umbanda com metodologia e com estrutura muito bem definidas, muito bem organizadas.
Em 1949, também por iniciativa de Zélio de Moraes, é criado o “Jornal de Umbanda”.
Em 1952 surge Tata Tancredo no cenário Umbandista.
Ele funda a Federação Espírita de Umbanda.
Tata Tancredo é africanista, pratica Umbanda Omolocô.
Tata Tancredo pratica Umbanda e ao mesmo tempo ele crê que Candomblé, Culto de Nação, Culto a Angola, que tudo quanto é forma de religiosidade afro-brasileira, em sua visão, cabe e está dentro da Umbanda. Ele se…

Umbanda – Fatos Históricos –

Umbanda – Fatos Históricos –

O período, chamado de legitimação da Umbanda, aconteceu entre 1929 a1944, em plena era Vargas que assumiu o poder em 1930.
Nessa época já existiam tendas/terreiros de Umbanda em todo o território nacional.
Começa também, nesse período, a surgir a Umbanda mesclada a outras religiões, como o Candomblé, por exemplo, e uma grande confusão se inicia.
Esse período marca a necessidade de o Umbandista explicar o que é e o que não é Umbanda, necessidade esta que perdura até os dias de hoje.
Por conta da perseguição policial aos terreiros, nessa época, começa a surgir outra necessidade, a de legitimar os terreiros/tendas, a fim de que a ordem e a liberdade de culto fossem preservadas em bases legais.
Em 1933, Leal de Souza, médium preparado pessoalmente por Zélio de Moraes, publica o primeiro livro sobre a religião de Umbanda com o título: “ O Espiritismo, a Magia e as Sete Linhas de Umbanda”.
Este livro foi escrito com base na vivência de terreiro de Leal de Souza e é um …

Umbanda – Como tudo começou -

Imagem
Zélio Fernandino de Moraes em reunião na Tenda Espírita Nossa Senhora da Piedade

Umbanda – Como tudo começou -
O médium Zélio F. de Moraes fundou a Umbanda, mas, recebeu da espiritualidade, as diretrizes que viriam a formar o ritual.
O Caboclo das Sete Encruzilhadas e posteriormente, Pai Antonio, foram as entidades que estabeleceram, através da mediunidade de Zélio, as diretrizes para que o ritual de Umbanda pudesse se estabelecer.
Por ser de família católica, Zélio conservava, em casa, imagens de Santos que foram aproveitadas para que se construísse o primeiro altar de Umbanda.
Com muita simplicidade, esse altar foi construído e, conserva até hoje, no topo, a imagem de Nossa Senhora da Piedade, além de mais Santos Católicos.
Diante desse singelo altar, todos rezavam antes dos trabalhos.
Com o passar do tempo, Pai Antonio estabeleceu, dentro do ritual, o culto aos Orixás.
O ritual de Umbanda, a partir daí, começou a tomar forma. As incorporações aconteciam e, os médiuns, incorporados, passara…

A Umbanda é uma religião monopoliteísta

Imagem
A Umbanda é uma religião monopoliteísta
A Umbanda é uma religião que fala de Deus, mas que cultua muitos Orixás.
Alguns desavisados, saem por ai dizendo que Umbanda é paganismo, dizem que Umbanda é politeísmo. Vamos entender que paganismo foi uma palavra criada para que a igreja identificasse aqueles que não são Católicos – ser Católico ou não, nem entra em questão aqui.
A palavra pagão, hoje em dia, é usada por alguns Católicos para dizer:
 “Nossa, essa criança não foi batizada, então, ela é pagã”.  “Que perigo, a criança não foi batizada ainda”.
Esse é um conceito criado dentro do Catolicismo porque o Espírita não batiza, o Judeu não batiza, o Islã não batiza, não faz batismo, então, temos que repensar alguns valores.
A Umbanda tem ritual de batismo, mas não deve incutir o medo de que a criança está pagã, pois isso é uma bobagem.
 Esse é um dos medos criados e cultivados dentro do seio da igreja Católica e um dos medos que ficou incutido no inconsciente daquele que em algum momento da vida…

O que é Religião?-Definições e Religare – Religiões Monoteístas – Variações de forma religiosas.

O que é Religião?-Definições e Religare – Religiões Monoteístas – Variações de formas religiosas.
Vamos voltar no tempo e consultar as fontes para entender o que é religião.
O que é religião e o que é a palavra religião? Há uma definição sobre essa palavra.  Qual é a origem?  A origem é o latim.  Qual religião  usa o latim como praticamente uma língua sagrada?  É a religião Católica.
Logo, a utilização da palavra religião, que vem do latim, foi largamente definida, classificada, colocada, apresentada, produzida pela religião Católica e pelos especialistas ou os grandes Teólogos da religião Católica que definiram o que é religião, definindo a palavra “religião” e partir dessa palavra criando uma definição que vai ao encontro do que é a sua religião.
Religião vem de “religar” ou “religare” ou “religar-se” e isso quer dizer: religar a Deus. Religião, a definição da palavra religião é “religar-se a Deus”. A ideia é que religião é o meio pelo qual você se religa a Deus. Essa é uma definição teol…