Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2019

Rituais na Umbanda Por Alexandre Cumino

Imagem
Rituais na Umbanda  Por Alexandre Cumino 
Se procurarmos no dicionário (Aurélio) encontraremos as seguintes definições para Ritual: 
Referente a Rito; Culto; Liturgia; Livro que contém os ritos de uma religião; Conjunto de práticas consagradas pelo uso e/ou normas , e que se deve observar de forma invariável em ocasiões determinadas; cerimonial. 
Quando alguém repete diariamente e metodicamente determinada tarefa, com os mesmos movimentos e gestos, dizemos que fulano age como num ritual, pois dá importância a cada detalhe no cumprimento de sua tarefa. Da mesma forma afirmamos que a pontualidade denota que cumpre “religiosamente” seu compromisso. Que seja o tocar do despertador, arrumar a mesa do “café” ou organizar seu ambiente de trabalho. No entanto a origem da palavra Ritual está justamente no campo religioso em que prescreve minuciosamente como se deve cumprir as formalidades de certa liturgia, que seja o Ritual Católico da Missa, Ritual Candomblecista do Bori, Ritual Judaico da Pás…

Assistência Espiritual dentro da Umbanda

Imagem
Assistência Espiritual dentro da Umbanda  Por Fernando Sepe 
Amor e caridade, eis a filosofia básica dentro da Umbanda. 
Independente da linha ou escola doutrinária seguida, essas duas palavras sintetizam todo e qualquer sério templo dentro da nossa religião. 
A Umbanda tem como objetivo servir de ligação ao Criador Olorum, despertando as pessoas para o verdadeiro amor, o incondicional, e tem na caridade sua forma mais objetiva de colocar tudo em prática. Se por um lado a Umbanda virou sinônimo de caridade ou assistência espiritual, por outro lado muito pouco desenvolveu–se em relação a outros aspectos. Esqueceu–se que as atividades de assistência, ou caridade ao próximo, podem ser de dois tipos básicos: a consolação e o esclarecimento. 
A “consolação” é o que vemos todos os dias dentro do terreiro. As pessoas vêm e individualmente recebem conselhos a respeito do seu dia a dia, recebem passes com o objetivo de limpeza energética, energização, cura e muitas outras funções. Muitos encontra…

Consultas e “Consultas”...na Umbanda - Por Fernando Sepe

Imagem
Consultas e “Consultas”...  Por Fernando Sepe 
Essa história passa–se em um terreiro de Umbanda, simples, comum, aconchegante e bondoso como todos os outros que existem pelo Brasil afora. Na verdade essa história provavelmente repete–se em cada terreiro de Umbanda... 
Gira de pretos–velhos, todos os médiuns incorporados com esses bondosos velhinhos já encontram–se sentados, “pitando” seus cachimbos e esperando pela assistência espiritual individual que logo há de começar. 
Em um dos cantos do terreiro podemos ouvir o seguinte “diálogo”: 
- Salve vô! Sabe, vim aqui pra te falar algumas coisas, na verdade um monte de coisas. Estou com problema de dinheiro de família de doença de emprego de namoro de... de.... 
- Ah sim, boa noite, mas como eu ia te falando tá tudo muito difícil, você acredita que eu não estou conseguindo nem me manter com o que ganho? Além disso, aquele idiota do meu patrão, eu deveria estar no lugar dele, ele não sabe fazer nada direito. E meu pai então, já não o aguento mai…

HISTÓRIA DO EXU MARABÔ DAS MATAS

Imagem
HISTÓRIA DO EXU MARABÔ DAS MATAS (um dos muitos da linha)

Em uma de minhas encarnações terrenas fui um alquimista de certa importância para uma monarquia. 
Com o pouco desenvolvimento da época, aprendi a trabalhar com as plantas. Ajudei meu  superior com meu trabalho que o socorria quando seus entes queridos adoeciam e eu conseguia sucesso na recuperação de sua saúde, mas meu principal trabalho era de prejudicar alguns vilarejos para arrecadação de impostos. Em certo momento começaram as revoltas populares devido aos altos impostos e a miséria dos vilarejos.
Fui designado então a prejudicar alguns vilarejos, aqueles que não eram queimados acabavam sendo envenenados fazendo sucumbir a população humana e animal da região.
Em uma de minhas tarefas e ataque a um pequeno vilarejo, vi uma jovem de beleza estonteante que mexeu comigo e senti que não poderia deixa-la ali. Então a resgatei e a levei a uma cabana muito simples dentro da floresta, ela parecia conhecer aquele lugar. Contei a ela o q…

Consultas e “Consultas” na Umbanda Por Fernando Sepe

Imagem
Consultas e “Consultas” na Umbanda Por Fernando Sepe 
Era dia de festa e o terreiro estava todo arrumado. 
Um lugar amplo, bonito, aconchegante, assim como todos os terreiros de Umbanda pelo Brasil afora. 
Espíritos das mais diversas falanges desdobravam-se nos trabalhos de socorro espiritual. Tudo corria de forma extremamente organizada e harmoniosa... Porém, e sempre existe um porém, pelos cantos do terreiro algumas consultas e “consultas” podiam ser observadas. 
Infelizmente... _Salve meu pai! Qual o seu nome? _Valei-me meu pai Ogum! Era com você mesmo que eu precisava falar, seu Peito de Aço. É que eu to demandado, fui numa cartomante e ela “viu” isso nas cartas. Preciso de trabalho forte, pra acabar com esse feitiço que tá atrasando minha vida... 
Seu Peito de Aço, antigo de serviço que era, logo entendeu que aquele era mais um dos muitos casos de não assumir a própria responsabilidade pela vida, usando de uma suposta demanda para justificar o atraso dela... _ ... ganho pouco no empr…

A conduta nos templos umbandistas por Sandra Alves

Imagem
A conduta nos templos umbandistas  por Sandra Alves 
O sucesso dos trabalhos efetuados em uma sessão espiritual depende, em grande parte, da concentração e da postura de médiuns e assistentes presentes. 
Os templos umbandistas são locais sagrados, especialmente preparados para atividades espirituais, e que têm sobre seus espaços uma cúpula espiritual responsável pelas diretrizes básicas de amparo, orientação e segurança daqueles que, ou buscam ali a solução ou o abrandamento de seus males, ou dos que emprestam sua estrutura física para servirem de veículos à prática da caridade. 
Apesar disto, alguns participantes julgam que, por tratar-se de culto de invocação, não se deve dar a devida atenção e respeito aos trabalhos espirituais. 
Conversas paralelas, algazarras, exibicionismos, bajulações, fofocas, má índole etc., atraem e “alimentam” os kiumbas desqualificados, que, aproveitando-se das vibrações negativas emanadas por estas pessoas, desarmonizam e quebram a esfera fluídica positiva, …