Postagens

Mostrando postagens de 2017

Características dos filhos dos orixás, personalidade dos filhos de Oxalá, Yemanjá, Oxum, Ogum, Oxossi, Yansã, Xangô

Características dos filhos do orixá Oxalá 

Umas das características dos filhos de Oxalá é marcar naturalmente sua presença por onde passam pois tem a aura de autoridade e poder do orixá maior da umbanda e candomblé.

Brilham com facilidade em qualquer ambiente, tanto pelo porte sempre altivo como pelo dom da palavra, que geralmente está associado a este orixá.

Os filhos de Oxalá geralmente são cuidadosos e generosos, e um pouco perfeccionistas e detalhistas ao extremo.

Oxalá é o orixá maior do candomblé e umbanda.

Os filhos de Oxalá são regidos pelo Sol.

No positivo são amorosos, alegres compenetrados em tudo o que fazem, emocionam-se facilmente, compadecem-se com o sofrimento alheio e acreditam em todos, são persistentes.

No negativo são ranzinzas, briguentos, frios, perversos, perigosos, agressivos e vaidosos.

Apreciam festas, reuniões “calorosas”, passeios, a boa mesa, roupas da moda e a companhia de pessoas alegres e leais, mulheres inteligentes e decididas.

Não apreciam pessoas falsas, emo…

A força da oração ( O amor de Maria)

No dia 19/11/2017, aconteceu em Curitiba, a tradicional lavação das escadarias da antiga Igreja do Rosário dos Homens Pretos de São Benedito.


Foi um ato inter-religioso no interior da igreja, onde representantes das mais diversas denominações religiosas se reuniram para compartilhar mensagens de fé, paz e respeito. Foi uma cerimonia muito bonita, tocante. A apresentação do coral Ottava Bassa foi belíssima, confira abaixo.

Durante a execução dessa canção, de olhos fechados, sentindo a música e toda sua beleza, tive a seguinte visão, antes, porém, esclareço que todos nós, médiuns sensitivos, experimentamos essas vivencias onde quer que estejamos, desde que a espiritualidade nos assista e permita:

Exu 7 Catacumbas (psicografia)

Ponto de Exu 7 Catacumbas

"A gente fala de um vulto escurecido,
Um espírito perdido que de noite apareceu.
Que ele passeia no meio da calunga
E que vai de tumba em tumba, liberto como é!
Não é alma bendita, o espírito da tumba,
Ele é seu sete catacumbas.
Atotô! atotô! atotô, seu sete catacumbas.

Atotô! atotô! atotô, mas ele vem da calunga"


Há uma lei que rege os domínios do cemitério.

Lei maior que se ativa com o brilho da lua alta.

Sussurros gemidos de gente sem abrigo gritando em busca da salvação.

Por vielas e becos da construção, caminha ele amparado pela Lei maior na escuridão, tendo o brilho da lua como fonte de sua energia levando salvação.

Nesses domínios, outros estão na mesma labuta no clarão da lua.

Rompe o silencio sua risada, acorda do sono os recém chegados e lhes estende a mão.

Não mais terra fria, agora luz se faz na escuridão e ele avisa:

"Cada catacumba, uma direção"

Do altar se ergue o Senhor desse domínio e tudo se clareia, tudo é transição.

Morre o corpo, renasc…

A Intenção - Pelo Espírito do Mestre Indiano Shàa - Psicografia de Annapon -

São muitas as religiões na Terra, muitas são as formas de buscar Deus.
Nesse cativeiro chamado encarnação, cada alma busca, ou não, algo que a fortaleça, que lhe estenda a mão nas horas difíceis da vida, busca Deus, essa força, essa potencia e mistério que a tudo e a todos criou.

Cada religião está preparada para receber em sua egregora, uma determinada categoria de espíritos, esta seleção se faz pelo grau evolutivo de cada ser e por sua necessidade na atual oportunidade, portanto, todas as religiões estão sob o amparo e as bençãos do Criador.

Existem os que creem em Jesus e os que não, os que buscam na magia a fonte de sua conexão espiritual, existem ainda, os que seguem o velho e Sagrado testamento e aqueles, cuja fé raciocinada, se inspiram numa doutrina.
Povos de todas as etnias inspiram-se, de alguma forma, sempre num poder maior que a tudo criou, que tudo pode e que tudo é não importando a forma ou nome que se dê, Ele é um só.

A Umbanda e suas ferramentas de trabalho - Pelo espirito do Mestre Indiano Shàa-Psicografia de Anna Pon-

Imagem
A Umbanda permite em sua prática, o uso de várias ferramentas de trabalho, como o sopro do charuto e o álcool.


Tais práticas são erroneamente interpretadas, porém, a má interpretação fica por conta do leigo, do preconceituoso e do moralista. 



Para nós, espíritos militantes dessa lide, tais materiais são de grande valia e marcas registradas das práticas de terreiro.
Além de todo material conhecido, usado fisicamente, há o invisível, o fluído que emana das mãos dos médiuns doadores de ectoplasma em menor ou maior grau, isto é fato.


Como se nota, a Umbanda dispõe de uma gama enorme de recursos para tratar, libertar, curar, fortalecer aos que a ela recorrem valendo-se de todo esse material que usado com responsabilidade e conhecimento, têm o poder de alcançar grandes feitos em nome do bem, da saúde, do equilíbrio e harmonia do ser humano contando sempre com a presença dos guias espirituais que incorporados aos seus médiuns realizam em parceria esse trabalho.



Esse é o objetivo primeiro e maior …

A Umbanda e suas ferramentas de trabalho - Pelo espirito do Mestre Indiano Shàa-Psicografia de Annapon-

A Umbanda permite em sua prática, o uso de várias ferramentas de trabalho, como o sopro do charuto e o álcool.

Tais práticas são erroneamente interpretadas, porém, a má interpretação fica por conta do leigo, do preconceituoso e do moralista. Para nós, espíritos militantes dessa lide, tais materiais são de grande valia e marcas registradas das práticas de terreiro.
Além de todo material conhecido, usado fisicamente, há o invisível, o fluído que emana das mãos dos médiuns doadores de ectoplasma em menor ou maior grau, isto é fato.

Como se nota, a Umbanda dispõe de uma gama enorme de recursos para tratar, libertar, curar, fortalecer aos que a ela recorrem valendo-se de todo esse material que usado com responsabilidade e conhecimento, têm o poder de alcançar grandes feitos em nome do bem, da saúde, do equilíbrio e harmonia do ser humano contando sempre com a presença dos guias espirituais que incorporados aos seus médiuns realizam em parceria esse trabalho.

A relação ética entre Médiuns, Entidades, Cambone, Consulentes e o Templo

A relação ética entre Médiuns, Entidades, Cambone, Consulentes e o Templo
Dentro de um Terreiro de Umbanda e especialmente em nosso Templo o conceito de ética é de grande importância, seriedade e extrema responsabilidade e assim deve ser praticado. A ética é e deve ser prática constante em sua vida, seja em sua casa, em seu trabalho em seu circulo de amizades e convivência e com você mesmo. A ética se caracteriza pela postura de respeito, sigilo, seriedade, preservando a privacidade das pessoas, particularidades e tudo que possa causar danos a integridade delas perante sua família, seu grupo de trabalho, social e religioso, sendo este último o que vamos tratar a seguir. Dentro do Templo Espiritual de Umbanda, a ética abrange a pessoa, porém vai muito além dela, desde que a espiritualidade atuando através das Entidades, faz uso do Médium e mesmo do Cambone que o assessora no plano terrestre. Tanto Médium como Cambone são partes ligadas ao trabalho destas Entidades no atendimento aos consu…

Pioneiros da Umbanda: Uma Rota Literária

Pioneiros da Umbanda: Uma Rota Literária

por Alexandre Cumino




Existem diferentes formas de abordar a história da religião, diferentes pontos de vista e interpretações variadas dos mesmos fatos. Proponho, aqui, convidá-los para uma viajem no tempo, por meio dos primeiros autores umbandistas, que vão da década de 1930 à primeira metade da década de 1950. A partir da segunda metade da década de 1950, 60 e 70 surgiu uma grande quantidade de outros autores, os quais boa parte de sua literatura ainda é disponível e conhecida. Logo é possível sentir falta de um ou outro autor, no entanto o que cabe no objetivo deste texto é justamente aqueles que desconhecemos, os quais mesmo em sebos haverá grande dificuldade de encontrar.

Zélio de Moraes não escreveu nada sobre a Umbanda, quando muito deu algumas entrevistas e preparou médiuns para expandir e continuar sua obra.

Há sobre a obra de Zélio alguns livros e matérias publicadas por médiuns e admiradores. Entre os “continuadores” (que se destacam na …

Pomba Gira do Oriente fala sobre Exu e Pomba Gira Mirim

Olá amigos leitores!

É com muita satisfação que apresento meu mais recente trabalho de psicografia. Dessa vez, a grande amiga e guardiã, Pomba Gira do Oriente, nos trouxe algumas palavras de esclarecimento.
Espero que suas palavras inspirem reflexão.
Annapon

Entidades polêmicas de Umbanda, Exu e Pomba Gira sempre geram comentários sem fundamento. Há muito preconceito no que se refere ao trabalho dessas entidades mesmo no meio "Umbandista".
Se com Exu e Pomba Gira é assim, imaginem com relação a Exu e Pomba Gira Mirim, nesse quesito o que encontramos são explicações sem nexo, sem base sólida e sem fundamento algum.
O imaginário do ser humano por vezes chega a ser fértil demais e por falta de maiores estudos e observações, lançam mão de teorias embasadas em achismos que complicam o que deveria ser simples e aceito a partir da palavra dos experientes Exus e Pombas Giras que podem, em momento oportuno, revelar o campo de ação dos Mirins.
Por que Exu e Pomba Gira se valem do trabalho do…