A Umbanda será a Religião do Futuro?



A Umbanda será a Religião do Futuro? 
 

A Umbanda é uma religião sem dogmas, sem tabus. Diferente de outras que se sustentam nesses "pilares" e, talvez, por conta disso, cresce a descrença nas religiões. 

Muitos perderam a fé por causa da hipocrisia, dos valores distorcidos, dos preconceitos "velados" e por serem revelados os que agem de má fé abusando de todas as formas da fragilidade das pessoas.

Na Umbanda, cada casa funciona segundo a determinação da espiritualidade e seu sacerdote é quem tudo coordena.

Existem casas que fazem preleções explicando à assistência sobre a missão da Umbanda e dos trabalhos realizados na casa que podem ser bem diversos de uma para outra casa de Umbanda, além da maior ou menor influência de outra religião que determina seus ritos e liturgia.

Na Umbanda aprendemos com outras religiões e somos orientados pela espiritualidade a fazê-lo pelo nosso crescimento individual e coletivo.

Os atendimentos são realizados de forma diferente também de uma para outra casa. Alguns abrem para consultas espirituais, outros não, mantendo apenas o passe e assim por diante.

A Umbanda é a religião da liberdade. Nos permite viver a liberdade de sermos nós mesmos e nos orienta sempre a seguir o bem, a caridade, a humildade, o perdão, sem nada nos cobrar, financeira ou pessoalmente.

Talvez esse seja um ponto fraco da Umbanda porque há muita gente sem preparo para a liberdade, para assumir sua religiosidade de forma livre, sem dogmas, sem tabus, onde o que importa é a fé e o auto conhecimento que aos poucos nos inspira a buscar.

Sabemos que no primeiro momento, parece confuso que cada casa trabalhe a sua maneira, mas está justamente ai uma das muitas belezas da Umbanda que oferece a cada um segundo seu entendimento e o que mais se aproxima de seu coração. Várias formas com a mesma missão: Nos ajudar a evoluir individual e coletivamente, nos reaproximar da natureza e de nós mesmos através do processo de amadurecimento.

A Umbanda é a prática livre da espiritualidade que vive dentro de cada um de nós, portanto podemos vivê-la, pratica-la, sem medo porque ninguém está certo ou errado. O que acontece é que sempre devemos observar o uso que se faz da religião, já que mau intencionados existem aos montes por ai. Vai da nossa observação e intuição.

Alguns dizem que a Umbanda é a religião do futuro. Talvez seja ou não, ninguém pode afirmar. Sabemos apenas que viver a religiosidade e a prática da mediunidade de forma livre, mas, claro, sempre com responsabilidade, além de auto cuidado, é uma forma de avançar no que diz respeito à religião, portanto se é assim, que seja a Umbanda a religião do futuro com as bênçãos de Deus e dos Orixás.

Sem instituição, na Umbanda encontramos pessoas livres, respeitadas em suas diferentes formas de pensar sobre espiritualidade que se reúnem em grupos por afinidades e que podem ser identificadas pela prática da caridade espiritual junto aos guias e mentores espirituais.

Futuramente, pode ser que a variedade de religiões cresça e que o ideal de cada grupo que venha a se reunir, pratique, à sua maneira, a religião.

Embora seja uma, em si mesma, na sua essência, a Umbanda é múltipla, adaptando-se sempre ao nosso tempo e a maior colaboração que o Umbandista pode oferecer à religião é a sua fé, o seu respeito, a vontade de evoluir e ajudar os demais na busca de seus caminhos, sem cobranças de nenhuma espécie.

É responsabilidade do Umbandista elevar a qualidade da religião esforçando-se sempre no sentido do esclarecimento e entendimento sobre a profundidade dos trabalhos realizados em cada casa.

Sempre atentos às lições dos guias e mentores, seguiremos construindo a Umbanda, parceiros que somos da espiritualidade e que no futuro nossa religião se fortaleça e possa iluminar tantas consciências quanto nos seja possível e permitido, sempre com liberdade, responsabilidade e constante aprendizado.

Anna Pon

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Características dos filhos dos orixás, personalidade dos filhos de Oxalá, Yemanjá, Oxum, Ogum, Oxossi, Yansã, Xangô

Orixá de Frente – Orixá Adjunto – Orixá Ancestral – A natureza humana -

Firmeza e Assentamento (Umbanda)