A melhor Umbanda





Quem pode dizer qual é a melhor forma de praticar a Umbanda?

Quem pode dizer que o terreiro que frequenta pratica a verdadeira Umbanda e que nele a Umbanda é Branca ou é a Umbanda do Bem ou ainda a verdadeira Umbanda?

Casos a parte existem nos quais o nome da Umbanda serve de faxada para praticas menos dignas. Sabemos disso e lamentamos, porém falo de Umbanda e não de pseudo Umbanda e espero que em breve todos possam conhecer a Umbanda para não confundi-la ou mescla-la à outras religiões como o Candomblé, por exemplo.

Voltando ao tema: " A melhor Umbanda", penso seja infantil pensar que o terreiro que frequentamos é o melhor e os outros apenas outros.

Sempre compreendi a Umbanda como única, mas praticada de diferentes formas conforme instruções da espiritualidade, necessidade de seus dirigentes ou ainda público ao qual se destina cada núcleo.

Por ser abrangente, a Umbanda reúne em si, em seu todo Maior, diferenças de casa para casa justamente, penso eu, por ter uma visão muito maior do que a nossa sobre as necessidades de seus filhos reunidos sob um mesmo teto a fim de progredirem juntos pelas vias generosas da Umbanda que a todos acolhe sem distinção. Por isso e por muito mais, creio eu, existe e precisa existir formas diferentes de praticar a Umbanda sem com isso perder sua essência fundamental que é servir ao próximo e a si mesmo através da caridade tendo como recurso a mediunidade, ou seja, o intercâmbio entre mundos.

A melhor Umbanda, portanto, é aquela que nos toca o coração, seja ela mista ou não. Digo mista porque alguns terreiros praticam a Umbanda com enfoque no espiritismo, por exemplo, ou ainda com muito da herança do Candomblé e por ai vai, porém, seja lá como for, a melhor Umbanda é e sempre será a que nos torna pessoas melhores, mais cientes e conscientes sobre as questões da vida e de nosso cotidiano.

Creio seja ir na contra mão dos ensinamentos pregados pela Umbanda, através da espiritualidade, a questão do preconceito, portanto, subestimar outro terreiro que não seja o de sua preferência, significa que pouco ainda se absorveu da religião escolhida, no caso, a Umbanda.

A espiritualidade que tudo vê e que quase tudo sabe, tem suas razões para reunir grupos com necessidades diferentes dentro de uma mesma bandeira, ou religião. Tanto é assim que o Catolicismo, por exemplo, tem algumas vertentes ou maneiras diferentes de alcançar grupos com prioridades específicas e o mesmo ocorre com a Umbanda, cada grupo tem sua necessidade, não está junto por acaso e pratica a Umbanda de maneira mais adequada à essas necessidades específicas.

Dizer que a "minha" Umbanda é melhor do que a sua é bobagem, infantilidade, falta de compreensão sobre a real missão da religião nessas terras brasileiras, desconhecimento de causa, eu diria. Por essas e por outras é que o estudo se faz necessário; compreender para praticar melhor e para se fazer respeitar pelas vias do conhecimento, da clareza de ideias e ideais.

Sendo assim encerro dizendo que a Melhor Umbanda é a que nos religa ao Pai, aos Mestres do Amor, da Caridade e da Paz. 

Essa é a melhor Umbanda, a que habita em nossos corações, que nos ensina a respeitar o próximo seja ele quem for e como quer que esteja, que não nos impõe nada, mas que apenas nos convida a refletir quantas vezes sejam necessárias.

A melhor Umbanda é a que nos ensina o perdão, o amor, a coragem e estimula nossa fé seja ela praticada da forma que for, isso não importa porque o bom livro não se conhece pela capa.

Anna Pon

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Características dos filhos dos orixás, personalidade dos filhos de Oxalá, Yemanjá, Oxum, Ogum, Oxossi, Yansã, Xangô

Orixá de Frente – Orixá Adjunto – Orixá Ancestral – A natureza humana -

Firmeza e Assentamento (Umbanda)